Outubro Rosa: Educação promove ação de conscientização com servidores

Servidores poderão participar de palestra, roda de conversa e momentos de meditação

Em celebração ao Outubro Rosa, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) realiza uma ação de conscientização, entre os dias 19 e 23 de outubro, com uma programação voltada para os servidores da secretaria. A ação, que tem como objetivo principal alertar e conscientizar acerca da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, terá início nesta terça-feira (19), com um momento de acolhida com música e meditação, além da palestra “Câncer de Mama e a Prevenção”, com a coordenadora de eventos da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Eliane Machado Maciel e a professora da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Gentileza Neiva, no auditório Paulo Freire, na Semed.

Abertura contará com momento de acolhida e palestra. Foto: Divulgação

Na ocasião também acontecerá panfletagem e venda de camisetas como apoio à Rede Feminina de Combate ao Câncer de Alagoas. Na quarta-feira (20), os servidores da secretaria poderão participar de uma roda de conversa, mediada pela médica mastologista Cláudia Leão, com as presenças da contadora de história, Antonieta Miriam e a professora aposentada, Damares Borges, mulheres que já passaram pelo câncer de mama e contarão suas trajetórias de superação.

Mulheres que já passaram pelo câncer de mama irão contas suas experiências durante evento. Foto: Divulgação

O encerramento da ação acontecerá no sábado (23), no Parque do Horto, onde os servidores poderão desfrutar de um momento de imersão e contato com a natureza, com o grupo que compõe o Projeto de Meditação dos Professores as Escolas, que irão ministrar uma vivência de meditação, intitulada “As Primaveras da Vida”.

Kátia Lessa, coordenadora de Programas e Projetos Educacionais da Semed, destaca a importância do momento para conscientizar e sensibilizar sobre a prevenção do câncer de mama.

“Essa semana será importante para nós pois queremos proporcionar momentos de palestras, de sensibilização com esse tema tão importante e pertinente para as mulheres”, concluiu.

Pâmela de Oliveira (estagiária) / Ascom Semed

Botão Voltar ao topo
Fechar